Vulnerabilidade da população à mudança do clima

Vulnerabilidade da População à Mudança do Clima

Vulnerabilidade da população

Participamos nos dias 25 e 26 de março do workshop “Indicadores de Vulnerabilidade da População à Mudança do Clima em Abordagem Territorial”, em Brasília. O evento, organizado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e tem como objetivo a finalização da construção dos “Indicadores Subnacionais de Vulnerabilidade da População à Mudança do Clima no Brasil”. O índice avaliará os impactos do agravamento do efeito estufa de acordo com recortes regionais.

A medida contribuirá para o Plano Nacional de Adaptação à Mudança do Clima (Plano Adaptação), que está em fase de elaboração sob a coordenação do MMA. Os indicadores levarão em conta aspectos particulares de cada região do país, dentre eles a conservação ambiental, os dados demográficos e de desenvolvimento humano e a suscetibilidade aos fenômenos extremos como tempestades, secas e doenças associadas ao clima, como a dengue e a malária.

Veja mais informações sobre o workshop clicando aqui.

A WayCarbon é representada no evento pelo diretor de Vulnerabilidade e Adaptação, Marco Follador. Na tarde de ontem, Marco compôs a mesa “Experiências de Análise da Vulnerabilidade ao Clima em Diferentes Escalas, no Brasil”. Além disso, também apresentou a aplicação do MOVE (Model For Vulnerability Evaluation) no projeto de análise de vulnerabilidade e risco da cidade de Goiânia, realizado em 2012. O projeto possibilitou a comparação das principais fragilidades socioeconômicas, infraestruturais, ambientais e institucionais do município, tanto em 2012 quanto em cenários climáticos futuros (2020).  Vale ressaltar que a WayCarbon é a única representante do setor privado dentre os convidados do workshop.

Clique e conheça mais informações sobre o MOVE: www.moveonadaptation.com

No mês passado também participamos do Workshop do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), a respeito do Sistema Brasileiro de Monitoramento e Observação de Impactos das Mudanças Climáticas (Sismoi). Saiba mais sobre o evento clicando aqui.

Editado em 26/03/15, às 16:10.

Compartilhe esse conteúdo

Tags

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.