Minerva Foods e o desafio de coletar e gerenciar dados ESG de múltiplas unidades em diferentes países - Blog WayCarbon

Minerva Foods e o desafio de coletar e gerenciar dados ESG de múltiplas unidades em diferentes países

Com 28 anos de atividades completados em 2020, a Minerva Foods é líder em exportação de carne na América Latina. Sediada no município de Barretos (SP), a empresa possui operações no Brasil, Paraguai, Uruguai, Colômbia e Argentina, atuando na produção e na comercialização de carne in natura, couro e processamento de proteína bovina, suína e avícola em 26 unidades industriais.  

Hoje, a Minerva Foods exporta proteína animal para mais de cem países ao redor do planeta, como na África, na Ásia, nas Américas, nas Comunidade dos Estados Independentes (CEI), no Oriente Médio, no Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (Nafta na sigla em inglês) e na União Europeia. Já nos mercados internos, atende cerca de 57 mil clientes, fazendo com que sua rede de distribuição se estendpelo Brasil, no Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco e São Paulo, além de países sul-americanos como Argentina, Chile, Colômbia e Paraguai. 

O Desafio da Minerva Foods no gerenciamento de dados ESG e alguns dos principais resultados alcançados 

Com uma operação multicontinental como essa, a empresa encontra inúmeros desafios no âmbito do gerenciamento de informações, principalmente em relação aos dados ESG dentro de um negócio do ramo alimentício, que, hoje, vê uma crescente demanda por maior transparência acerca do posicionamento ambiental e impactos climáticos.  

Para realizar a gestão dos indicadores ESG a Minerva Foods utiliza o Climas, software líder na coleta e gerenciamento de informações relacionadas ao impacto da sua operação nas mais de 20 unidades produtivas, tanto no Brasil quanto no Paraguai, Colômbia e Argentina. 

Utilizando as ferramentas do Climas, a Minerva Foods conseguiu alcançar nível de excelência não só na coleta, mas também na análise e no reporte dos dados relacionados à emissão de gases causadores de efeito estufa decorrentes de suas atividades e demais controles sobre as atividades relacionadas à sustentabilidade. Isso possibilita uma maior agilidade em responder às demandas variadas do mercado, além de estimular o engajamento interno com os dados de GEE. 

Além disso, diversos outros resultados foram alcançados utilizando as ferramentas do Climas, como: 

  • Padronização de informações em âmbito internacional, além de acesso, visibilidade e transparência aos dados em uma plataforma única. 
    • A plataforma permite usuários múltiplos, facilitando o acesso e controle por diversos colaboradores.
  • Estabelecimento de uma cultura de engajamento com os dados e registro de evidências.
  • Aperfeiçoamento na gestão e redução de custos com monitoramentos.
  • Melhor visibilidade e comparabilidade para dados. 
  • Curadoria de fatores de emissão para os diferentes países das operações.
    • O Climas é atualizado constantemente, tendo em seu banco de dados as informações mais recentes de fatores de emissão e parâmetros de reporte.
  • Customizações e atendimento às especificidades das operações nos diferentes países. 
  • Ampliação gradual de contrato e de escopo do inventário de emissões ao longo do processo de maturidade na gestão de informações e emissões.

Com a utilização do Climas, a Minerva Foods pôde expandir o monitoramento, incluindo novas fontes de emissão de gases causadores do efeito estufa, como novas unidades operacionais. 

Compartilhe esse conteúdo

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.