Defina e bata suas metas com a técnica do OKR - Blog WayCarbon

Defina e bata suas metas com a técnica do OKR

OKR

São muitos os métodos de gestão do fluxo de trabalho utilizados pelas empresas. E, é claro, sempre queremos aprender com as melhores. No post de hoje, vamos falar um pouco sobre o Objectives and Key Results (OKR), uma técnica utilizada por grandes empresas do Vale do Silício, como o Google, que pode ajudar a transformar sua rotina de trabalho e, principalmente, seus resultados finais. Confira!

O que são OKRs?

A técnica do OKR pode ser resumida da seguinte forma: (i) defina grandes metas e, consequentemente, (ii) quantifique essas metas para alcançá-las. Para estabelecer sua estratégia, primeiro, estabeleça entre um e três grandes objetivos qualitativos que deseja alcançar. Se você está começado seu planejamento agora, rencomendamos estabelecer apenas um grande objetivo.

O fator mais importante ao se aplicar o OKR é a definição dos objetivos. Eles devem ser quase impossíveis de se alcançar, mas não podem ultrapassar a linha do quase. É essencial também estabelecer um prazo para que os eles sejam cumpridos, o mais comum é estabelecer estratégias de OKR por períodos trimestrais, semestrais ou anuais.

Ao definir seus objetivos, sugerimos manter em mente três características principais:

  • Ser qualitativo e inspirador;
  • Estar vinculado a um período de tempo;
  • Ser executável por sua equipe independentemente de outras variáveis como a economia ou entrada/saída de pessoas em específico.

Lembre-se que neste caso os Objetivos são metas qualitativas, que devem funcionar como a linha de chegada da companhia, aquilo que almejamos alcançar. Como atingir seus objetivos? Simples: defina e cumpra seus Resultados Chave.

Key Results

O caminho para atingir seus objetivos quase — lembre-se: quase! — impossíveis é o dos Resultados Chave (KR). Cada Objetivo deve possuir entre três e cinco KRs. Estes são a chave para que você saiba se chegou onde gostaria. Para estabelecê-los, tente transformar seu objetivo qualitativo em aspectos quantitativos. Por exemplo:

Objetivo: Se tornar a empresa benchmarking no setor em gestão da sustentabilidade

Key Results:

  • Aumentar a utilização de fontes renováveis de energia em 40%
  • Reduzir os custos em 27% a partir de ganhos de eficiência operacional
  • Duplicar o reuso de água.

Os Key Results estão relacionados a, pelo menos, um dos cinco seguintes itens: crescimento, engajamento, vendas, performance e qualidade. E não se esqueça que enquanto objetivos são qualitativos, os KRs são quantitativos.

Uma cascata de bons resultados

Uma empresa pode ter várias estratégias de OKR. O mais comum é estabelecer estratégias que dialoguem entre si e que sigam a cadeia hierárquica. Assim, a estratégia de OKR corporativa da empresa deve servir como orientação para as estratégias de cada equipe. Um bom método para fazer sub-OKRs dentro de uma organização é fazer com que cada equipe foque em um aspecto da OKR corporativo para contribuir, seja diretamente com o Objetivo ou indiretamente com algum dos Resultados Chave.

Parte da rotina

Como todos os aspectos de uma cultura organizacional, as estratégias de OKR só funcionam de verdade se forem incorporadas às rotinas diárias de todos os funcionários. É preciso que toda a equipe mantenha o foco na estratégia. Por isso, uma dica recorrente na aplicação de OKR é incluí-la nos diálogos diários, nos relatórios de performance e nos canais internos de comunicação. Outra ferramente de governança importante são os incentivos: porque não premiar ou bonificar sua equipe por atingir as metas?

Já viu que vai dar errado? Aguenta!

Tão importante quanto alcançar os resultados é o processo pelo qual a equipe passa para cumprir seu Objetivo. Apesar de soar como um mantra de autoajuda o aspecto mais importante da técnica OKR é não mudar os Objetivos ou os Resultados Chave ao longo do processo. É muito difícil acertar tudo na primeira implementação, mas mesmo assim manter as metas e objetivos dá credibilidade ao processo e ajuda no engajamento da equipe para os objetivos futuros.

O que você achou da técnica OKR? Você a utiliza em sua empresa? Compartilhe sua experiência nos comentários!

Compartilhe esse conteúdo

Tags